Petição que menciona conteúdo de decisão não publicada revela ciência inequívoca e abre prazo para recurso

11 . março . 2019

Se a parte peticiona espontaneamente nos autos e o conteúdo da petição não deixa dúvida de que ela teve conhecimento do ato decisório prolatado, mas não publicado, considera-se que houve ciência inequívoca e, portanto, passa a correr o prazo para interposição de recurso.

Veja Mais

Demora em fila de banco não gera dano moral individual para consumidor, decide Quarta Turma

11 . março . 2019

Para a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a demora em fila de atendimento bancário não lesa o interesse existencial juridicamente tutelado do consumidor e, portanto, não gera direito à reparação por dano moral de caráter individual.

Veja Mais

Prazo para pedir devolução por cobrança indevida de serviços de telefonia não contratados é de dez anos

11 . março . 2019

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que é de dez anos o prazo de prescrição para o ajuizamento de ação de repetição de indébito por cobrança indevida de serviços de telefonia não contratados.

Veja Mais

Corte Especial reafirma nova sistemática relacionada aos recursos repetitivos

26 . fevereiro . 2019

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reafirmou a nova sistemática adotada para os recursos repetitivos depois da entrada em vigor do Código de Processo Civil (CPC) de 2015, ao rejeitar a pretensão de uma parte que contestava a devolução do seu recurso à instância de origem após a afetação do tema. A parte requeria o julgamento de seu processo no STJ, mesmo com a questão jurídica em debate estando pendente de definição sob o rito dos repetitivos.

Veja Mais

Reserva de 40% dos honorários do administrador judicial se aplica apenas à falência, não à recuperação

26 . fevereiro . 2019

Os ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concluíram que a regra sobre a reserva de honorários do administrador judicial – prevista no artigo 24, parágrafo 2°, da Lei 11.101/05 – se aplica apenas às ações de falência, e não aos casos de recuperação judicial.

Veja Mais

Empresas em recuperação podem celebrar contratos de factoring, decide Terceira Turma

26 . fevereiro . 2019

Independentemente de autorização do juízo competente, as empresas em recuperação judicial podem celebrar contratos de factoring no curso do processo de reerguimento.

Veja Mais

Não cabe indenização de lucros cessantes se a atividade empresarial não teve início

26 . fevereiro . 2019

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento ao recurso especial de uma empresa que pedia indenização por lucros cessantes, pois o empreendimento imobiliário no qual alugaria uma loja não foi entregue. Para os ministros, se a atividade empresarial nem sequer teve início, não é possível aferir a probabilidade de que os lucros reclamados de fato ocorreriam.

Veja Mais

Espólio tem legitimidade para propor anulação de doação e restabelecer bens da herança

6 . fevereiro . 2019

O espólio tem legitimidade para propor ação que busca a declaração de invalidade de negócio jurídico de doação e que pretende, em última análise, a reversão dos bens ao acervo hereditário. Nessa situação, não é necessário que o pedido de anulação seja feito pelo cônjuge ou herdeiro.

Veja Mais

Morte de consignante não extingue dívida, e espólio deve ser usado no pagamento

6 . fevereiro . 2019

A morte de consignante não extingue dívida por ele contraída, devendo o pagamento ser feito por seu espólio ou, se já realizada a partilha, pelos seus herdeiros, no limite do valor transmitido. Segundo os ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a Lei 8.112/90 revogou a Lei 1.046/50 e, dessa forma, a previsão que garantia essa hipótese de extinção não pode mais ser aplicada.

Veja Mais

Segunda Seção fixa em repetitivo três novas teses sobre direito bancário

6 . fevereiro . 2019

A Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao julgar sob o rito dos recursos repetitivos o REsp 1.639.320 e o REsp 1.639.259, ambos de relatoria do ministro Paulo de Tarso Sanseverino, firmou três novas teses que consolidam entendimento sobre a validade das tarifas bancárias de inclusão de gravame eletrônico, sobre a validade da cobrança de seguro de proteção financeira, além da possibilidade ou não de descaracterização da mora na hipótese de se reconhecer a invalidade de alguma das duas cobranças anteriores.

Veja Mais

Áreas de Atuação

Contencioso / Consultivo Trabalhista

Contencioso / Consultivo Trabalhista

Societário / Fusões e Aquisições

Societário / Fusões e Aquisições

Administrativo

Administrativo

Consultivo Cível e Comercial

Consultivo Cível e Comercial